A PROFUNDA TRISTEZA DO SENHOR JESUS

 

 

 

Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo

(Mateus 26:38)

O Senhor Jesus entrou no jardim do Getsêmani com onze de Seus discípulos. Sabia que logo seria entregue aos Seus inimigos. Afastando-se um pouco, chamou três deles para que velassem Consigo, pois nas horas seguintes eles também seriam acossados pela tentação.

Contemplando a obra que iria realizar na cruz, a alma de nosso Salvador estava profundamente aflita e angustiada. Nesse momento Ele desejava que Seus três discípulos estivessem ao Seu lado no horrendo caminho que teria de trilhar, e vigiassem em oração. Porém, os três dormiram devido ao cansaço e tristeza.

Hoje também há uma chamada para velarmos em oração, pois “os dias são maus” (Efésios 5:16), e “todo o mundo está no maligno” (1 João 5:19). E da mesma forma que o Senhor foi para a cruz, Ele nos convoca a morrer também para que outros possam viver. “Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição” (Romanos 6:5).

Diante disso, qual é a nossa reação? Será que estamos tomados pelo cansaço desta vida e tristes pelos problemas cotidianos, a ponto de estarmos dormindo espiritualmente? Ou estamos compartilhando o fardo do Senhor por este mundo tão corrompido?

“Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis” (1 Pedro 4:13).

Notas:

Extraído do devocional BOA SEMENTEpedidos@boasemente.com.br

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!