PASTOR E OVELHA

 

Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós

(1 Pedro 5:2)

Uma das principais preocupações relativas ao pastoreio é a alimentação do rebanho. Essa é a razão pela qual em algumas versões bíblicas o verbo “apascentar” é traduzido por “alimentar”. Há importantes lições aqui. Primeiro, ninguém pode alimentar os outros se está faminto. É preciso estar alimentado com a Palavra de Deus para transmiti-la. O rebanho de Deus tem sofrido gravemente desde o início com “pastores” desnutridos da vida de Deus. Um pastor tem de estar familiarizado com o pasto para conduzir o rebanho até lá. Davi exultou porque seu Pastor o conduziu a verdes pastos e à águas tranquilas.

Pastorear também envolve buscar a desviada. Essa é uma tendência natural das ovelhas. Isaías disse: “Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho” (53:6). Pedro afirmou: “Porque éreis como ovelhas desgarradas; mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas” (1 Pedro 2:25). E maravilhosas são as palavras do Senhor Jesus: “Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove, e não vai após a perdida até que venha a achá-la? E achando-a, a põe sobre os seus ombros, gostoso” (Lucas 15:4-5).

Pastorear, portanto, requer cuidado, compaixão e comprometimento. Exige amor pelas ovelhas, tão tolas e frágeis. Davi era pastor e conhecia muito bem esses animais. Mas também sabia que era uma ovelha no rebanho do Senhor: “Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” (Salmo 23:3). Cada filho de Deus é, ao mesmo tempo, uma ovelha do pasto do Senhor e um pastor para outras pessoas. Por isso é tão precioso aprendermos com o Bom Pastor!

Notas:

Extraído do devocional BOA SEMENTEpedidos@boasemente.com.br

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!