VERDADES SIMPLES E PROFUNDAS

 

 

 

Um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus

(João 13:23)

Ao apóstolo João foi dada a revelação de muitas verdades preciosas que são fonte inesgotável de alegria e refrigério espiritual para todo verdadeiro crente no Senhor Jesus. Tais verdades, embora simples e de fácil entendimento, são profundas revelações. Entre elas estão o grande amor do Pai, e a intimidade que podemos desfrutar com o Senhor Jesus e com Deus Pai.

Que exemplo João é. Apesar de ser o portador de tamanhos tesouros, ele não se vangloriou nem exaltou por ter recebido tais preciosidades do Espírito Santo. Pelo menos por quatro vezes, ele simplesmente se identifica como o discípulo a quem Jesus amava (João 13:23; 19:26; 20:2; 21:7). Para João bastava se alegrar no fato de Cristo amá-lo.

Mesmo sendo uma grande alegria saber que somos chamados e usados por Deus, e todos os filhos de Deus o são, não temos de permitir que os dons e a vocação de Deus sejam motivo de orgulho para nós, e nem que ocupem tanto nosso tempo e coração a ponto de perdermos de vista o incalculável amor de Cristo por nós.

Cristo nos amou tanto que enquanto éramos Seus inimigos, Ele morreu por mim e por você, para nos reconciliar com Deus (Romanos 5:10). E este amor se desdobra em tão diversas facetas que passaremos a eternidade admirados, adorando ao Deus que nos amou, pois “nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4:10).

Notas:

Extraído do devocional BOA SEMENTEpedidos@boasemente.com.br

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!